"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Segunda-feira, 14 de Março de 2011

Pertencemos a uma Geração Desenrascada

Sim, pertencemos a uma Geração Desenrascada.

 

Trabalhamos, ganhamos pouco, pagamos tudo que são Impostos e Segurança Social (aliás, antes de receber o nosso parco salário retiram tudo aquilo que “é de direito”), este ano também pagamos as propinas do filho mais velho que estuda na Universidade (do ano passado para este consideraram-nos mais ricos e retiraram a bolsa... embora os rendimentos sejam os mesmos), assumimos todas as despesas com os estudos do filho mais novo que se encontra na Secundária (embora estude no ensino público e, em princípio, gratuito), não recebemos nenhum subsídio, temos um carro nada novo (comprado em segunda mão e quase todos os meses na oficina), vamos pagando o empréstimo da casa ao Banco, não ficamos dias inteiros sentados em pastelarias a tomar pequenos-almoços, lanches e afins, raramente (mas mesmo muito raramente) vamos a um restaurante ou cinema  e, acima de tudo, não temos uma mãe aqui ao lado onde possamos ir comer.

 

Convém ainda dizer que nunca deixámos de exercer o nosso direito ao voto. Nunca votámos no actual Primeiro-Ministro e seu governo. Nas próximas eleições vamos votar novamente e, sem dúvida alguma, não votaremos (novamente) neste ‘Regime Sócretino’

 

Pronto, já disse.

 

escrito p/ pechanense às 13:16
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Pechão é esgoto a céu aberto (Segunda Parte)

Quem segue este blog sabe que por vezes eu escrevo aqui "cartas abertas" aos senhores presidentes da Junta de Freguesia de Pechão e da Câmara Municipal de Olhão. Apenas as escrevo aqui. Desta vez, ao escrever o post/carta aberta "Pechão é esgoto a céu aberto", a 23 de Abril de 2010, decidi enviar directamente para os emails dos senhores presidentes a referida "carta aberta". Aqueles para quem escrevo são livres de responder ou não e eu sinto-me obrigado a publicar as suas respostas, caso o pretendam.

 

Pois bem, a 14 de Maio de 2010, o senhor presidente da Junta de Freguesia de Pechão enviou-me um email como resposta e, depois de conversar com ele e este concordar, aqui publico a sua resposta:

 

 

De: Custódio Moreno [email]
Data: Fri, 14 May 2010 20:56:06
Para: Jaime Fernandes [email]

 

Exmo. Senhor

Jaime Fernandes

 

Serve a presente para responder à missiva que V. Exa. nos fez chegar através de e-mail, no dia 24 de Abril, a qual desde logo mereceu a nossa melhor atenção.

Neste sentido, há muito tempo que o executivo desta autarquia tem vindo a articular com os serviços da Câmara Municipal de Olhão para tentar encontrar a melhor solução para este problema que muito nos preocupa a todos.

Assim, inúmeras limpezas têm sido efectuadas ao esgoto, em especial no troço que vai desde a sede do Clube Oriental de Pechão até ao cruzamento central, as quais remedeiam a situação temporariamente.

O ano passado, para melhor identificar o problema, a Câmara Municipal contratou os serviços de uma empresa que introduziu uma sonda com câmara TV no interior de todo o sistema de drenagem de esgotos, o qual veio ajudar a definir a melhor estratégia a adoptar. Verificou-se ainda que, apesar de ser uma obra com mais de trinta anos, estava perfeitamente funcional.

A situação de entupimentos muito frequentes veio identificar outro problema, o lançamento de toalhitas, pensos higiénicos e fraldas na rede de esgotos, o que tem vindo a agravar-se de dia para dia.

Neste cenário deveras preocupante por tão grande falta de cidadania, no passado dia 12 de Maio, procedeu-se à abertura de um roço para se poder efectuar a remoção completa daqueles dejectos que parecem ser os principais causadores desta situação. De salientar que foram retirados vários baldes de lixo, conforme comprovam as fotografias em anexo.

Brevemente, iremos realizar uma campanha de sensibilização junto dos moradores, para que cooperem connosco não lançando este tipo de lixo indevidamente na rede de esgotos.

Estas são apenas algumas das medidas que estamos a tentar implementar, em parceria com a Câmara Municipal, para que a breve trecho possamos melhorar a qualidade de vida das nossas populações.

Agradecemos, desde logo, toda a atenção dispensada.

Com os melhores cumprimentos.

 

O Presidente da Junta de Freguesia

Custódio José Barros Moreno

 

(fotografias: e )

 

escrito p/ pechanense às 12:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Comunicado da Farmácia de Pechão

Quem passa à frente da Farmácia de Pechão, Concelho de Olhão, pode ler o comunicado da Senhora Directora Técnica da "Farmácia Da Ria" às "gentes de Pechão" (Tradução: "gentes de Pechão" = utentes da Farmácia de Pechão. "Farmácia Da Ria" = Farmácia de Pechão deslocalizada para o Centro Comercial de Olhão, Ria Shopping, instalado na Cidade de Olhão, Freguesia de Quelfes). Este comunicado da Dra. Ana Luísa Pacheco Mendes Segundo encontra-se afixado na montra da, ainda, Farmácia de Pechão.

 

Ao ler o referido comunicado, aquilo que mais chama a atenção é o segundo parágrafo, com destaque para o seguinte: "posteriores alterações legislativas no sector das farmácias obrigaram-nos a tomar esta decisão" (Desculpe senhora doutora... tenho uma dúvida! Quis mesmo dizer obrigaram-nos? Quem?).

 

Para que possam ler o comunicado, aqui fica a fotografia da praxe!

 

Comunicado da Directora Técnica da Farmácia de Pechão, quero dizer, Farmácia da Ria

 

...perante isto, aquilo que me ocorre dizer é apenas: "estou sem palavras!"

 

escrito p/ pechanense às 13:12
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
partilhar
Terça-feira, 1 de Junho de 2010

O Sorriso do Ciganito

 

...tinha mais ou menos três anos! Cabelo sujo, despenteado, a cara toda tisnada e vestia uma roupa suja e rasgada. Os pés, descalços, estavam mais escuros que a cor morena da sua pele. Lá estava ele numa rotunda de Faro, junto a uma passadeira, à espera que os carros o deixassem passar para o outro lado onde o parque de estacionamento, do Centro Comercial, lhe traria algumas moedas para entregar a um adulto, muito mais “pobre” que ele.

 

Passaram um...dois... três carros! Nenhum parou! Ninguém lhe deu a prioridade a que tinha direito! Chegou a nossa vez. Parei junto ao traçado do chão que aguardava ser pisado por aqueles pés pequenos. Aquela passagem de peões que estava habituada a ser pisada por sapatos, ia agora conhecer uns pezinhos descalços e sujos. Receoso e espantado iniciou a sua travessia. Lentamente, com os olhos sempre fixos em nós, foi passando. De repente vejo sair daquele pequeno rosto, trigueiro e farrusco, um sorriso lindo e contagiante. Os seus olhos esverdeados, que passavam despercebidos, brilharam mais do que nunca. O ciganito, ignorado e desprezado na rotunda, naquele instante, como que deixando sair cá para fora um grito abafado no seu peito, mostrou toda a beleza de menino inocente e bonito que estava dentro de si. Também sorri... com gosto. Percebi então que o sorriso daquela criança fora provocado pelo sorriso da minha mulher. Quando chegou ao outro lado da rua parou e ficou a olhar para nós...

 

Não ouvisse eu um coro de buzinas, de pessoas que nunca têm tempo para parar e apreciar a beleza daquilo que é simples e, à primeira vista, é feio, comecei a andar com o carro. A minha mulher ainda olhou para trás e fez-lhe adeus. Imediatamente ele levantou a sua mãozinha toda suja e, mais uma vez, surpreendeu-nos com aquele belo sorriso!

 

(Hoje, dia da criança, reedito este texto escrito em 2006. Feliz dia da criança!)

 

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 12:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

Pechão é esgoto a céu aberto

Volta e meia cá estou eu... e para fazer o quê? Para escrever mais uma carta aberta. Desta vez, não só para o senhor Presidente da Junta de Freguesia de Pechão, como também, para o senhor Presidente da Câmara Municipal de Olhão.

 

Então aqui vai:

 

Exmos. Senhores Presidentes da

Câmara Municipal de Olhão

Junta de Freguesia de Pechão

 

Antes de mais quero cumprimentar-vos e pedir desculpa por não vos escrever há muito tempo.

 

O assunto que me leva a endereçar esta carta aberta a V. Exas. é a "transformação" de Pechão em esgoto a céu aberto (com repercussões para a já tão massacrada Ria Formosa). Sim, de dia-para-dia, cada vez mais, Pechão está a transformar-se num esgoto a céu aberto. Não me estou a referir apenas à Ribeira de Bela Mandil (já falado por mim aqui). Desta vez estou a falar da Rua 25 de Abril (para quem não sabe, esta rua é parte da estrada que liga Olhão a Estoi, dentro da aldeia de Pechão).

 

Sempre que chove com abundância as caixas de esgoto desta rua ficam semi ou totalmente entupidas, o que faz com que as tampas das caixas de ligação das habitações "rebentem" e lancem toda a porcaria para a estrada em direcção à Ribeira de Bela Mandil... isso quando não são as próprias tampas do saneamento público a abrirem com a força da "trampa". Convém aqui lembrar que este saneamento público foi feito há coisa de 30 anos para uma aldeia com "meia dúzia" de habitações, ou seja, está desadequado para a quantidade de habitações hoje existentes.

 

Há coisa de duas semanas uma caixa de ligação para o saneamento público, que fica precisamente à frente da casa da mãe do Senhor Ministro Mariano Gago, tem lançado para fora, quase ininterruptamente, águas sujas e mal cheirosas que quase obrigam a população a andar com uma mola no nariz. Sei que numa destas manhãs, da semana passada, alguns funcionários da Câmara estiveram cá, abriram uma tampa no cruzamento junto à referida caixa, "enfiaram" alguns ferros para desentupir e foram embora. Ao fim da tarde desse mesmo dia corria tudo pela estrada... novamente.. até hoje!

 

Penso que a solução, sem dúvida alguma, seria uma obra de fundo para que se renovasse todo o saneamento. Como acredito que a Câmara Municipal não tem verba para tal (provavelmente outras são as prioridades), sugiro a V. Exas. que, mais ou menos mensalmente (principalmente em época de chuvas), todas as tampas do saneamento público da Rua 25 de Abril sejam  abertas e se proceda a uma limpeza eficaz, de forma a que seja mais agradável respirar e viver na nossa aldeia.

 

(Para que ninguém fique mal disposto com imagens decidi não colocar nenhuma aqui no post mas fiz links para as fotografias. Para as ver é clicar nas palavras ou frases com cor diferente.)

 

Com os melhores cumprimentos

Jaime Fernandes

escrito p/ pechanense às 11:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

Farmácia de Pechão - Parte II

Depois de escrever sobre a Farmácia de Pechão, de ver aquilo que já se disse sobre este assunto aqui, aqui, aqui e aqui, e depois de ler este aqui em especial, gostaria de dizer o seguinte:

Percebo perfeitamente que quem abre um negócio queira tirar o maior lucro possível. Daí entendo o desejo da Família farmacêutica, Mendes Segundo, querer deslocar o seu "negócio" para um local onde tenha a possibilidade de ganhar muito mais dinheiro. Porém faz-me muita confusão esta "deslocação" da Farmácia de Pechão.

As Farmácias são um negócio particular mas ao mesmo tempo um serviço público... Como o Estado não pode por ele mesmo (e porque nem tudo deve estar nas suas mãos) cobrir o território nacional com farmácias, dá essa possibilidade a alguns particulares. As Farmácias são assim um negócio "protegido" pelo Estado.

A criação de certas leis e a falta de uma entidade reguladora em condições, permite que alguns "comerciantes farmacêuticos" ganhem um alvará para uma Freguesia, como por exemplo a nossa, façam um enorme "sacrifício" durante cinco anos (calculo que com grande prejuízo) e depois dêem o "salto".

Em relação à nossa situação em Pechão. Se os donos da actual Farmácia querem ir embora, pelos vistos ninguém os pode impedir (até porque acho que perderam a simpatia de muitos pechanenses que se sentem enganados e usados). Agora o que eu acho é que o INFARMED deveria ter aberto um novo concurso e, só depois de estar assegurada uma nova Farmácia de Pechão, permitir a deslocação da actual.

Acrescento ainda que o papel de todos os políticos eleitos pelos pechanenses, independentemente da sua cor partidária, é colocar o interesse da população em primeiro lugar, deixando de lado amizades ou camaradagens partidárias...

Isto é aquilo que penso e creio não estar errado.

 

escrito p/ pechanense às 14:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

Farmácia de Pechão

Exmo. Senhor Presidente da Junta de Freguesia de Pechão

Antes de mais quero aproveitar esta oportunidade para lhe dar os parabéns pela vitória nas eleições... eu sei que já passou algum tempo mas acontece que desde a campanha eleitoral, altura em que o senhor e a sua comitiva andava todos os dias pelas ruas de Pechão a bater de porta em porta, nunca mais o vi (!?). Aproveito também para lhe desejar um bom ano e faço-o aqui porque continuo a não vê-lo nas ruas de Pechão. Agora que estão repostas a saudações, vamos ao assunto que me leva e escrever esta carta a V. Exa. - a Farmácia de Pechão.

Segundo me apercebi, já corre "à boca cheia" dos pechanenses que a Farmácia de Pechão vai fechar aqui na aldeia para abrir no novo Centro Comercial de Olhão, o Ria Shopping que, ficando situado a Norte da EN 125, deve pertencer à Freguesia de Quelfes. Segundo se diz, a razão da transferência da Farmácia deve-se ao facto de não ser lucrativa para os seus proprietários.

Segundo eu sei a Junta de Freguesia não pode "obrigar" a Farmácia a permanecer na nossa aldeia de Pechão, ou mesmo na nossa Freguesia, porque este é um "negócio" particular. Apesar disto eu gostaria de perguntar se o senhor, como é óbvio, representando os interesses da população que o elegeu, está a fazer alguma coisa para que tal não aconteça? Questiono-o desta forma porque, segundo me lembro, a vinda da Farmácia para Pechão foi uma "bandeira" que o senhor, dizendo ser sua, levantou várias vezes e portanto creio que é legítimo eu perguntar-lhe isto.

Sendo assim, segundo me apercebo, vamos passar a ter no Ria Shoping a Farmácia de Pechão que, como já o disse, está na cidade de Olhão, na Freguesia de Quelfes...

Segundo me parece, se tal situação se verificar, Pechão dará uns quantos passos para trás e as palavras que o senhor tantas vezes disse, "Pechão, terra com futuro", não passaram de balelas.

Nisto tudo, segundo eu concluo, mais uma vez são os pechanenses que saem a perder... principalmente os mais idosos.

 

Atenciosamente

Jaime Fernandes 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

"Sr. Eng.º dê-me um pouco de atenção!

Ontem à noite falei dela e hoje de manhã, quando o rádio começou a trabalhar para me acordar, a primeira notícia que ouvi foi sobre esta música dos Xutos e Pontapés! Desconfio que ainda se irá ouvir falar muito mais dela...

  

  (a letra pode ver aqui que foi disponibilizada pelo "Zé de Pechão")

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 16:01
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Freguesia de Pechão inicia esta semana

 

 

 

 

 

 

 

Comemorações do 35º Aniversário do

25 de Abril

 

 

 

 

 

 

  

Uma Exposição de Fotografia e uma Sessão Evocativa do 25 de Abril, com António Rosa Mendes e Margarida Tengarrinha marcam o início das Comemorações do 25 de Abril na Freguesia de Pechão já  no próximo sábado dia 18 de Abril.

”A revolução de Abril e os seus rostos”, é o tema da sessão evocativa, aberta à população que o historiador e professor da Universidade do Algarve, António Rosa Mendes a convite desta autarquia irá realizar, no próximo sábado, dia 18 de Abril, a partir das 17h00 no Salão Nobre da Junta de Freguesia.

Estão confirmadas ainda as presenças de Margarida Tengarrinha, João Simões e Leandro Carromba antigos combatentes do regime fascista que também irão participar com a apresentação de testemunhos da luta que travaram na clandestinidade.

“Rostos de Abril”, é o título da exposição de fotografia realizada, por 7 jovens fotógrafos, em 2000 que a convite da direcção regional do IPJ de Faro, calcorrearam o Algarve para fotografar 20 personalidades de Abril onde se destacam os nomes de Carlos Brito, Sérgio Mestre, Francisco Guerreiro, Maria Coelho, João Vargas, Margarida Tengarrinha, entre outros.

A inauguração está marcada para as 16h30 do mesmo dia no edifício sede da Junta de Freguesia com a presença de quase todos os fotógrafos e muitas das personalidades fotografadas. A exposição pretende também homenagear e dar a conhecer em especial aos mais jovens, homens e mulheres que contestaram o antigo regime ditatorial. Esta exposição ficará patente ao público de 18 a 30 de Abril e poderá ser visitada durante o horário de funcionamento do expediente desta autarquia.

 

O programa de Comemorações do 35º Aniversário do 25 de Abril da Freguesia de Pechão é uma iniciativa desta autarquia em parceria com as forças vivas da Freguesia e envolve dezenas de actividades, que passam pela música, dança, poesia, pintura desporto, jogos tradicionais, grafites, workshops, e decorre em vários locais e espaços da freguesia

(Nota de Imprensa da Junta de Freguesia de Pechão)

 

escrito p/ pechanense às 10:00
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Workshop de Graffiti em Olhão

 

Sábado dia 28 de Março

entre as 15H e as 18H

 

 

 

Mais uma Forma de Comunicação

com a Comunidade Surda

 

 


Uma iniciativa do projecto Graffitis D'Olhão (promovido pela Moju - Movimento Juvenil em Olhão), em parceria com a Associação de Surdos do Algarve, onde irá ser demonstrado que é fácil comunicar com a comunidade surda, desde que estejamos receptivos. Esta iniciativa também tem o objectivo de chamar a atenção da comunidade para os problemas da delinquência, a exclusão e a marginalidade de grupos ou pessoas.

Decorrerá no mesmo horário e local, uma Demonstração de Esculturas em Frutas e Legumes, promovida pelo Curso de Cozinha da Escola Dr. João Lúcio - Fuzeta.

O Projecto Graffitis D'Olhão, teve a sua primeira iniciativa este ano através do Graffiti "Olhão cidade com alma" pintado à entrada da Olhão para dar as boas vindas a quem nos visita.


 Conheça-nos...

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 11:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Olhó(ão) Rolinho de Papel Higiénico!

Um grupo auto-intitulado "Pais Indignados em Olhão" tem feito circular um mail pedindo a divulgação desta petição. A Tertúlia dos Cafetantes de Olhão também já estava a planear isto mesmo, criando para o efeito um cartaz que foi publicitado no "Fórum Olhão". Entretanto a Câmara Municipal já reagiu.

 

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 13:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Março é mês do teatro em Pechão

 

 

Em Março, o teatro, a arte mais nobre de representar, vai estar em destaque em Pechão com alguns dos melhores grupos algarvios a visitarem aquela freguesia.

 

 

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 11:30
link do post | comentar | favorito
partilhar
Segunda-feira, 2 de Março de 2009

Assembleia Geral do COP

 

Assembleia Geral Ordinária

 

Clube Oriental

de

Pechão

 

 

No passado dia 27 de Fevereiro (Sexta-feira) realizou-se mais uma Assembleia Geral do Clube Oriental de Pechão. No ano em que se celebra o sexagésimo aniversário, os sócios elegeram os novos elementos dos órgãos do clube pechanense para os próximos dois anos.

 

Para além do Relatório de Contas referente a 2008, que teve um saldo positivo, a Direcção cessante apresentou o Relatório de Actividades, do qual destaco o excelente desempenho da Secção de Atletismo e os positivos resultados que a secção de futebol tem vindo a dar, nomeadamente o futebol de sete (creio que no Concelho de Olhão é o único clube com esta modalidade) e o de cinco das camadas jovens.

 

Após a eleição do órgão dirigente, embora com a saída de Marco Guita, o novo Presidente, Vladimiro Sousa, usou da palavra para apresentar uma Direcção de continuidade. Das suas palavras destaco a intenção desta Direcção de continuar e reforçar as actuais secções (atletismo, futebol, cicloturismo e cultural); uma melhor organização administrativa e financeira; uma campanha de angariação de novos sócios, pensando no grande número de novos habitantes de Pechão; uma campanha virada para os actuais sócios, para que há-ja um maior envolvimento na vida do clube; e a criação de uma página do COP na Internet.

 

Nota Final: Para além de poder ver no blog da Arlapa o nome dos novos elementos dos órgãos do clube (clicando nos links colocados no início), também pode ver algumas fotos  da Assembleia, tiradas pelo Paulo Murta e Danilo Quinta e que eu coloquei no meu álbum do COP

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 11:05
link do post | comentar | favorito
partilhar
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

...eu e o Serviço Secreto!

Num dos últimos episódio da novela Freeport, os espectadores portugueses tiveram a oportunidade de apreciar a entrada em cena da Secreta Portuguesa - Serviço de Informações de Segurança (SIS)...

 

A minha intenção com este post não é comentar a novela, os actores e os autores ou mesmo o guarda-roupa, que, de entre muitas outras novelas ao bom estilo português, tem contribuído para que o povo (desviando a sua atenção daqueles que são os verdadeiros problemas do país e também seus), se sinta mais feliz e contente!

 

É apenas para dizer que me lembrei de um post que escrevi aqui no pechanense, a propósito de outra novela que foi para o ar em 2006 e que reescrevi aqui, creio que também a propósito de uma outra novela envolvendo os mesmos actores...

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 11:30
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Algumas sugestõezitas...

...para quem pode tomar decisões importantes, quando as coisas se complicarem em Portugal!

 

  1. Quando os senhores presos se queixarem que os bifes que são servidos nas prisões são duros e difíceis de cortar, sugiro que, de uma forma inteligente, lhes facultem alguns canivetes para que o acto de cortar carne seja facilitado... mas não ofereçam! Vendam porque sempre entra algum dinheirinho para os cofres.
  2. Quando se tornar costume assaltar os tribunais, o melhor que têm a fazer não é gastar dinheiro com sistemas de vigilância ou uma maior segurança. Todos nós sabemos que quando os senhores ladrões querem roubar, roubam mesmo... mesmo que a fechadura seja muito boa! Sugiro que retirem as caixas de multibanco dos tribunais porque, como também todos nós sabemos, eles vão assaltar os Palácios de Justiça por causa do dinheiro das máquinas e não com o intuito de fazer sumir algum processo que os incrimine. Sempre se poupa o dinheirinho das fechaduras novas... e claro, é dinheiro que não sai dos cofres.
  3. Quando as estradas em Portugal estiverem em mau estado, não gastem dinheiro a arranjar. Sugiro que se coloquem alguns sinais de trânsito, daqueles de fundo amarelo, a informar aos condutores que a estrada está em mau estado... Mas não coloquem muitos avisos porque algumas viaturas danificadas mexe com a economia e isso faz entrar algum dinheirinho nos cofres.
  4. Quando uma ponte em Portugal estiver em mau estado, podendo até vir a cair, sugiro que se coloque uma placa de limite de velocidade de 20 km. Sugiro ainda que se coloquem radares de velocidade nessas pontes porque todos nós sabemos que os automobilistas não ligam nada a estas placas... e sempre entra algum dinheirinho para os cofres.
  5. Quando algum ministro, primeiro ministro ou mesmo presidente de câmara estiver a ser alvo de suspeitas de favorecimentos (a outros ou a si próprios), corrupção, etc., sugiro que não liguem, não respondam, não entrem em diálogo com esse tipo de gente que só sabe falar mal... até porque todos nós sabemos que em Portugal as caravanas passam, os cães ladram muito, mas depois delas passarem fica novamente tudo em silêncio. Porém, se for necessário dizer alguma coisa, digam apenas: "não comento", "isso é chicana política", "é muita coincidência falarem deste assunto nesta altura?", "recuso-me a dialogar com quem só sabe falar mal". Não percam tempo com esses caluniadores, como todos nós sabemos, tempo é dinheiro... e dinheirinho é coisa que faz falta nos cofres.

Pronto. Aqui ficam algumas sugestõezitas para que não digam que eu só sei criticar!

 

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 17:02
link do post | comentar | favorito
partilhar
online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Pertencemos a uma Geração...

Pechão é esgoto a céu abe...

Comunicado da Farmácia de...

O Sorriso do Ciganito

Pechão é esgoto a céu abe...

Farmácia de Pechão - Part...

Farmácia de Pechão

"Sr. Eng.º dê-me um pouco...

Freguesia de Pechão inici...

Workshop de Graffiti em O...

Olhó(ão) Rolinho de Papel...

Março é mês do teatro em ...

Assembleia Geral do COP

...eu e o Serviço Secreto...

Algumas sugestõezitas...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2