"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Algumas sugestõezitas...

...para quem pode tomar decisões importantes, quando as coisas se complicarem em Portugal!

 

  1. Quando os senhores presos se queixarem que os bifes que são servidos nas prisões são duros e difíceis de cortar, sugiro que, de uma forma inteligente, lhes facultem alguns canivetes para que o acto de cortar carne seja facilitado... mas não ofereçam! Vendam porque sempre entra algum dinheirinho para os cofres.
  2. Quando se tornar costume assaltar os tribunais, o melhor que têm a fazer não é gastar dinheiro com sistemas de vigilância ou uma maior segurança. Todos nós sabemos que quando os senhores ladrões querem roubar, roubam mesmo... mesmo que a fechadura seja muito boa! Sugiro que retirem as caixas de multibanco dos tribunais porque, como também todos nós sabemos, eles vão assaltar os Palácios de Justiça por causa do dinheiro das máquinas e não com o intuito de fazer sumir algum processo que os incrimine. Sempre se poupa o dinheirinho das fechaduras novas... e claro, é dinheiro que não sai dos cofres.
  3. Quando as estradas em Portugal estiverem em mau estado, não gastem dinheiro a arranjar. Sugiro que se coloquem alguns sinais de trânsito, daqueles de fundo amarelo, a informar aos condutores que a estrada está em mau estado... Mas não coloquem muitos avisos porque algumas viaturas danificadas mexe com a economia e isso faz entrar algum dinheirinho nos cofres.
  4. Quando uma ponte em Portugal estiver em mau estado, podendo até vir a cair, sugiro que se coloque uma placa de limite de velocidade de 20 km. Sugiro ainda que se coloquem radares de velocidade nessas pontes porque todos nós sabemos que os automobilistas não ligam nada a estas placas... e sempre entra algum dinheirinho para os cofres.
  5. Quando algum ministro, primeiro ministro ou mesmo presidente de câmara estiver a ser alvo de suspeitas de favorecimentos (a outros ou a si próprios), corrupção, etc., sugiro que não liguem, não respondam, não entrem em diálogo com esse tipo de gente que só sabe falar mal... até porque todos nós sabemos que em Portugal as caravanas passam, os cães ladram muito, mas depois delas passarem fica novamente tudo em silêncio. Porém, se for necessário dizer alguma coisa, digam apenas: "não comento", "isso é chicana política", "é muita coincidência falarem deste assunto nesta altura?", "recuso-me a dialogar com quem só sabe falar mal". Não percam tempo com esses caluniadores, como todos nós sabemos, tempo é dinheiro... e dinheirinho é coisa que faz falta nos cofres.

Pronto. Aqui ficam algumas sugestõezitas para que não digam que eu só sei criticar!

 

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 17:02
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Uma aula de História...

Ia eu pela rua (sim, esta aula de História foi dada na rua), quando encontro a Senhora "S" e o Professor "I" que estavam a conversar. Meto conversa com eles e a propósito de qualquer coisa que já não me lembro o quê, falou-se de Ditadura, da Dona Manuela Ferreira Leite e, como não podia ser, do Senhor José Sócrates. Vai daí o Senhor Professor "I" que lecciona História, disse:

"Sabe, é interessante ver a origem da Ditadura. Na Roma antiga havia a Democracia. O Imperador tinha que responder perante o Senado. Havia porém a possibilidade de durante um tempo, para pôr as coisas na ordem e autorizado pelo próprio Senado, o Imperador governar sem ter que responder perante os Senadores... Chamava-se a isso a Ditadura! Júlio César fez uso da Ditadura que só era permitida durante um certo período de tempo. Só que depois ele exigiu que passasse a vitalícia... por essa razão mataram-no, foi apunhalado pelos Senadores! Depois veio Caio Octávio. Esse nunca pediu ao Senado o poder absoluto..."

Interrompi-o: "Foi mais inteligente!" Disse eu. "Oficialmente não foi Ditador! Dá-me a impressão que já ouvi esta história... De facto não existe nada de novo. Século após Século a história repete-se!"

Então o Senhor Professor de História concluiu: "É verdade. Não existe nada de novo. A História repete-se em espiral!"

"Prontos"! Com esta aula de história chegamos ao fim de mais uma semana. Um óptimo e loooongo fim-de-semana para todos!

 

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 15:55
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008

A obamização e a nacionalização

Em Portugal anda tudo "obamizado"...

 

A eleição do presidente dos Estados Unidos tem atraído a atenção dos portugueses como se tratasse da chegada do D. Sebastião...

 

Oh meus amigos! Vamos lá a acordar. Se porventura se tratar de um "salvador messiânico," certamente que não é o tal que está para vir num dia de nevoeiro. Até porque hoje não há neblina e, para além disso, a "aparição" deu-se nos "Estates" e não em Portugal. Nós por cá ainda temos o senhor Sócrates que aproveita sempre estes momentos em que o povo português anda anestesiado com qualquer "festa", para dar largas à sua filosofia.

 

Não sei se se aperceberam mas este é um assunto sério!

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 15:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Terça-feira, 29 de Maio de 2007

Este é o único por aqui

sinto-me:
escrito p/ pechanense às 12:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

Por Tavira... de porta em porta!



Fazendo uma busca na Internet, vejam só o que encontrei... o blog das "Autárquica de 2005 em Cartaz" que é uma autêntica pérola! Confesso que eu também dei a minha "contribuiçãozita". Um dia passando por Tavira não resisti a tirar uma fotografia a esta "obra prima"!

Garanto-vos (quem nunca viu o blog), que vale a pena visitar e apreciar (rindo ou chorando) as "ilustrações" dos políticos portugueses. Quem por lá andou na altura das autárquicas, vai certamente recordar o "homem do chouriço", "a candidata que tinha muito afecto para dar e ainda a da pistola", "as caras assustadoras ou, como sugerido, ganzadas do BE"... para não falar das promessas e dos comentários!

Acho que o SAPO deveria abrir uma galeria para fazer uma exposição desta "Arte"!
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

deserto... ponte... terroristas...

Está feito o diagnóstico! É a "Doença do Pinho"!

  1. O Senhor Ministro Mário Pinho, desculpem, Lino, criticando os que defendem novos estudos sobre a localização do novo aeroporto, contou a piada do "Engenheiro e a Ordem" (sorte sua não estar sobre a alçada da DREN).
  2. O Senhor Ministro Mário Pinho, desculpem, Lino, criticando os que defendem a localização do novo aeroporto na Margem Sul, contou a piada do "Deserto" (talvez por ter em mente o álbum de fotografias das suas férias)
  3. Entretanto o Dr. Almeida Pinho, desculpem, Santos, procurando defender o Ministro Mário Pinho, desculpem, Lino, e a localização do novo aeroporto, contou a piada da "Ponte e dos terroristas" (Terá associado terroristas a deserto!? Onde posicionará ele os camelos!?)

Acho que sim... faz todo o sentido! Só a "Doença do Pinho" os poderia levar a fazer tais afirmações...

Senhor Primeiro Ministro... um conselho! Ponha o Senhor Manell Allpinho numa sala de isolamento para que não contagie mais ninguém. Olhe que há o perigo de se transformar numa pandemia! Como já deve ter reparado, a "Doença do Pinho" está a ultrapassar o "Perímetro Ministerial"
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 16:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Terça-feira, 10 de Abril de 2007

A prova que faltava

Ainda antes da Páscoa, enquanto conversava com a minha "Maria", ela perguntou-me:
- "Será que não existe nenhuma lei que diga que para ser Primeiro Ministro de Portugal é necessário ser licenciado?" (sem me dar tempo para responder, continuou) "Podia ser que tivéssemos uma Pascoa mais feliz..."

Hoje, caiem todas as nossas esperanças por terra... mesmo antes Senhor Primeiro Ministro apresentar todas as explicações na entrevista exclusiva que vai dar ao canal público (diz que é por causa da passagem dos dois anos de governo que, segundo me parece, já aconteceu há dois meses), eis que surge a prova que fará calar as línguas-maldizentes de "Portugall".

Por "portas e travessas", o Jo teve acesso à sua "Cédula Profissional" e está no seu CANTO.
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 15:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Terça-feira, 27 de Março de 2007

O Grande Português... explicações!

Nunca vi o programa que procurava eleger o maior português de todos os tempos. Apesar disso lá ia acompanhando, quer nos jornais, revistas ou no café, toda a polémica à volta do dito programa. O último programa também não foi excepção e só agora soube quem foi o "feliz" contemplado pelos portugueses.

Explicações!? Poderíamos aqui apontar várias: "uma forma dos portugueses mostrarem o seu descontentamento actual em relação à política e aos políticos"; "os nacionalistas e de extrema direita que votaram em massa"; "os comunistas afinal já não são assim tantos"; "uma grande indiferença dos portugueses em relação ao programa"... e certamente que encontraríamos mais algumas!

Se não se importam, eu também tenho a minha explicação e, caso estejam interessado, vou aqui dizê-la.


Segue o meu raciocínio:
  • Quem é o político actual que os portugueses "gostam tanto" e cujas sondagens apontam sempre para que seja ele a governar o país?
  • Quem é o político conhecido pelos portugueses por um nome que começa por "S"?
  • Quem é o político que se costuma recostar numa cadeira ao fim do dia para relaxar? (é certo que é uma cadeira "moderna". Outra coisa não se podia esperar dos seus colaboradores que tão simpaticamente fizeram uma cotização para a oferecer no Natal)

A minha teoria:
Como existem semelhanças (a verdade é que há duas diferenças... a primeira é que uma das cadeiras ainda não tem um pé partido e a segunda é que um dos "S" era Doutor e o outro diz que é Engenheiro), o povo pensou que estavam a fazer uma sondagem e, vai daí, votaram todos no "S" que já faleceu, pensando que era do vivo que se tratava.
escrito p/ pechanense às 00:06
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Os meninos do PP


Cada vez mais me convenço que uma boa palmada nas nalgas nunca fez mal a ninguém, pelo contrário é muito útil na formação de uma criança.

Eu sou a favor de uma educação formativa e não punitiva, porém creio firmemente que no momento certo uma criança ouvir um "não", ou apanhar um açoite nas nádegas, ajuda-la-à a entender que neste mundo nem sempre podemos dizer ou fazer aquilo que queremos e muito menos ter.

Provavelmente se os papás e as mamãs, destes rapazes e raparigas que agora andam a "brincar" à política, não tivessem dado ouvidos àquilo que alguns educadores/psicólogos afirmam (que uma criança não deve ser "reprimida" pelos pais com açoites... é um atentado à personalidade da criança... vai deformar a sua personalidade...), e na primeira "birrinha dos meninos" tivessem dado uma boa palmada naquelas nalgas, agora que já são crescidos não teriam andado a gritar e a insultar, só porque não fizeram a sua vontade.

Não percebo nada das normas e regulamentos internos deste partido (também não é algo que pretenda perceber), mas acho que entendo o que é educação e boas maneiras e também o que significa "cultura democrática". Mas também sejamos justos... este défice que se tem vindo a acentuar na classe política, não é exclusivo destes filhos e filhas dos seus papás e mamãs!
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 09:55
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

Hospital de Faro...


Depois do que aconteceu no Hospital Distrital de Faro (esgotaram-se as macas/camas e as ambulâncias fizeram fila à porta da urgência para que os doentes não fossem deitados no chão), certamente que continua a fazer muito sentido falar em se fechar o "internamento" do Centro de Saúde de Olhão... Ah pois faz!

Quem diz de Olhão, também diz de outras cidades do Algarve... de facto manter tais serviços é muito dispendioso e há que poupar... Ah pois há!

Já agora, fechar um ou outro Centro de Saúde dava mais jeito do que terem acabado com alguns SAP's... Ah pois dava!

Contenção, meus amigos, contenção!
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 16:59
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

A esquerda moderna


Não sei se a teoria de Charles Darwing se poderá aplicar à "evolução" ou "selecção natural" que tem acontecido com na Esquerda Portuguesa. Se observarmos atentamente, verificamos que esta "espécie" tem sofrido algumas mutações. Não sei se estará correcto afirmar que da "Primitiva Esquerda", hoje existem três "distintos" ramos e, como é natural, as suas normais ramificações.

O primeiro grande ramo, que várias vezes tem manifestado "preocupantes" sinais de extinção, é a chamada "Esquerda Retrógrada". Embora existam alterações significativas do "clima", este ramo da esquerda tem procurado resistir às mudanças "climáticas" e, apesar do seu número reduzido, ainda não desapareceu. Devido à sua grande capacidade de sobrevivência, tem procurado manter as suas características originais. Comparando com outro tipo de Dinossauros, apesar da "catástrofe" natural que se abateu sobre a "Velha Sibéria", estes não se extinguiram!

Temos o segundo grande ramo que tem vindo a crescer e é conhecido pelos "Troskistas Comedores de Caviar". Estes surgiram com o "acasalamento de elementos mais fortes" e a "eliminação natural dos mais fracos", da mui antiga "Extrema Esquerda".

O terceiro ramo é aquele que, do qual, ultimamente se tem falado muito. É a chamada "Esquerda Moderna". Esta última tem sido objecto de vários estudos. Estudos esses feitos por "conceituados cientistas", mas o facto é que poucas têm sido as conclusões. De forma alguma me considero um "cientista" e nada percebo desta "ciência", mas a minha pouca capacidade de observação tem me levado ao seguinte raciocínio acerca deste último ramo. Agradeço que os leitores digam se está ou não correcto e me ajudem a chegar a uma conclusão.

Peguei naquilo a que chamo a "Espinha Dorsal" da Esquerda que em poucas palavras se define por "Justiça Social", ou seja, "tirar aos ricos para distribuir pelos pobres". Pela observação verificamos que este "gene" continua activo na "Esquerda Moderna", porém com uma "pequena" mutação. A "Esquerda Antiga", sem diferenças, procurava tirar a todos os ricos em geral e dava, "sem diferenças" a todos os pobres em geral. Hoje, a "Esquerda Moderna" junta "ricos" e "pobres" em várias categorias. Após esta operação, retira aos mais "ricos" de uma determinada categoria e dá aos "pobres" da mesma categoria.

Eu explico melhor o meu raciocínio. Junta, por exemplo,  todos os "deficientes" numa só categoria. Retira aquilo que os "deficientes mais ricos" têm a mais para redistribuir pelos "deficientes mais pobres" - demonstrando assim a velha máxima da Justiça Social!
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 10:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007

Entrámos em 2007...

...em pleno Inverno.

Na sua mensagem de Natal, o Senhor Engenheiro deixou-nos um "presente" com os seus maiores sonhos para Portugal. A verdade porém é que nem todos os portugueses conseguem sonhar como ele. Alguns têm mesmo que fazer uma tremenda ginástica... direi mesmo que são obrigados a "andar de cabeça para baixo" para conseguirem "ler tais SOHNOS"!

Uma coisa eu sei e acredito nela... depois do Inverno virá a Primavera!


Digo mais: Não tenciono "fazer o pino"
porque este meu SONHO não está invertido.
sinto-me: Com Esperança
escrito p/ pechanense às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 7 de Dezembro de 2006

Vamos lá esclarecer s. f. f.


No post anterior eu fiz a seguinte afirmação (não sei se infeliz!?): "apesar de considerar que algumas das sua medidas até são boas para Portugal"

Quero aqui e agora esclarecer (ao mesmo tempo redimir-me), que eu não disse "TODAS AS MEDIDAS". Se observarem bem, eu afirmei "ALGUMAS DAS SUAS MEDIDAS"...

Estava-me a lembrar, sei lá... pr'aí de umas cinco!? Não... quatro... ou talvez três... se calhar duas... humm... uma... "Prontos", 0,5!

Não se fala mais no assunto! METADE DE UMA MEDIDA. Está decidido.

A afirmação correcta será então: "apesar de considerar que metade de uma das suas medidas até é boa para Portugal" (estou-me agora a lembrar daquela em que, eventualmente prevê que daqui a alguns anitos o salário mínimo em Portugal chegará aos 500,00 euros).

(Bolas... quase que dava cabo da minha reputação! É o que dá fazer afirmações sem pensar.)
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 10:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

Contra tudo e contra todos


A propósito deste post escrito pelo JS do “Política.TSF”, eu gostaria de dizer o seguinte ao Senhor Engenheiro José Sócrates.

Numa declaração feita por um dirigente de uma associação militar, eu ouvi: "não foi para isso que os militares fizeram o 25 de Abril".

Eu acho que o Senhor deveria dar mais atenção a este tipo de declarações porque senão as suas medidas serão, cada vez mais, "tiros nos pés"... nos do seu governo e, inevitavelmente, nos de Portugal! O país não precisa de outra revolução militar. Precisa sim de uma revolução em que, tanto os governos como as oposições, estejam juntos com o povo para lutar contra os interesses instalados, contra a corrupção, contra tudo aquilo que muitos consideram ser "o seu direito adquirido", para que Portugal se torne justo e bom para os PORTUGUESES poderem viver.

É certo que existem muitas medidas que devem ser tomadas para acabar com a "maminha" inesgotável para muita gente. Porém, estas profundas alterações que o nosso país necessita (já há muitos anos), não serão eficazes com a sua postura autoritária e prepotente. Não se fazem IMPONDO. Fazem-se, como é óbvio, com firmeza mas também com diálogo. Fazem-se envolvendo aqueles a quem se destinam as medidas. Se não começar a agir desta forma (apesar de considerar que algumas das sua medidas até são boas para Portugal) lamento informá-lo, mas eu vou continuar a sentir que está a agir contra mim.

Sabe uma coisa Senhor Primeiro-Ministro. Ninguém pode governar contra tudo e contra todos durante muito tempo.
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 10:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2006

Este sentimento de culpa que carrego...

 

Esta noite quase não "preguei olho" por causa do enorme sentimento de culpa que carrego em meu peito. É verdade! Sinto-me culpado pelo enorme prejuízo que tenho causado à EDP. Por estar a pagar menos do que devia pelo consumo de electricidade, esta empresa ficou prejudicada, impedida de fazer fabulosos investimentos, correndo o risco das suas acções saírem da Bolsa... creio que está mesmo no limiar da pobreza.

A acusação do Senhor Secretário de Estado Adjunto, António Castro Guerra, caiu no mais profundo do meu ser como um raio fulminante... uma verdadeira descarga eléctrica de milhares de volts... Estou em estado de choque comigo mesmo. Foi uma noite em que passei “às claras” (mas sempre com a luz apagada).

Mas o que agravou este sentimento de culpa que me está verdadeiramente a consumir, foi o facto de eu não ter resistido à tentação e, num inquérito que ontem estava na página principal do sapo (perguntava como classificava as declarações do referido senhor), escolhi a opção “Este senhor é um iluminado”...

Ooohhh! Minha culpa, minha máxima culpa!

 

sinto-me: despedaçado
escrito p/ pechanense às 09:29
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Algumas sugestõezitas...

Uma aula de História...

A obamização e a nacional...

Este é o único por aqui

Por Tavira... de porta em...

deserto... ponte... terro...

A prova que faltava

O Grande Português... exp...

Os meninos do PP

Hospital de Faro...

A esquerda moderna

Entrámos em 2007...

Vamos lá esclarecer s. f....

Contra tudo e contra todo...

Este sentimento de culpa ...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2