"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

A Lei de Deus - Vida


O Homem tem uma (quase que natural) aversão a qualquer tipo de lei. A ideia geral é que quem dita leis é alguém que, por qualquer (seu) interesse, quer obrigar outros a fazerem a sua própria vontade... quer mandar! Ora, como todos achamos que ninguém manda em nós, então há que contestar, tudo fazer para fugir à lei e para mostrar que somos livres. É assim com as leis dos homens e não é excepção com as leis divinas. Uma das leis de Deus, que se encontra no Livro de Êxodo 20:13, é “NÃO MATARÁS”.


Creio que Deus ao dar uma lei destas, fê-lo em primeiro lugar porque tinha que ser coerente com a sua própria Natureza. Deus é Vida e portanto só poderia gerar vida. A morte nunca foi o primeiro recurso usado por Deus para solucionar problemas (problemas esses causados pelos próprios homens). Ele sempre dá mais uma oportunidade para que a humanidade experimente a verdadeira vida. O próprio Senhor Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Evang. João 10:10). O que verdadeiramente me maravilha é o facto de Deus ter criado o homem e a mulher com a capacidade de eles mesmos serem capazes de gerar vida... Fez-nos co-criadores com Ele.

Em segundo lugar eu creio que esta lei foi dada por Deus porque Ele estava preocupado com a dignidade da raça humana. Embora tenhamos sido criados com a capacidade de gerar vida, temos tido sempre a inclinação para provocar a morte. No uso da nossa liberdade (que por sinal foi uma dádiva de Deus e não uma conquista nossa), temos usado de tudo para acabar com a vida humana (a nossa e a do nosso semelhante), como também com a vida da Natureza. Pela leitura da Bíblia e pela relação pessoal que tenho procurado ter com Deus, posso afirmar que Ele valoriza a vida humana, desde a sua concepção.

Porque a vida faz parte da minha natureza, é perfeitamente normal que eu seja a favor da vida e aceite, com toda a naturalidade, este mandamento.
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 15:40
link do post | comentar | favorito
partilhar
1 comentário:
De Barão da Tróia a 22 de Janeiro de 2007 às 22:22
Tás no teu direito como os outros que não acreditam nisso, é difícil escolher partidos, numa questão tão delicada mas inclino-me mais para o "SIM". Boa semana

Comentar post

online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Festas de Pechão 2014

Alguém me explica, sff?

Sérgio Godinho em Pechão

Pertencemos a uma Geração...

Convite

Pechão é esgoto a céu abe...

Pendurem a Vuvu na Janela

I Love Ketchup

Teatro em Pechão

Comunicado da Farmácia de...

Casamento homossexual... ...

História da Música "Amazi...

O Sorriso do Ciganito

Rock na Ribeira em Pechão...

Campanha "Um gravador par...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2