"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

A esquerda moderna


Não sei se a teoria de Charles Darwing se poderá aplicar à "evolução" ou "selecção natural" que tem acontecido com na Esquerda Portuguesa. Se observarmos atentamente, verificamos que esta "espécie" tem sofrido algumas mutações. Não sei se estará correcto afirmar que da "Primitiva Esquerda", hoje existem três "distintos" ramos e, como é natural, as suas normais ramificações.

O primeiro grande ramo, que várias vezes tem manifestado "preocupantes" sinais de extinção, é a chamada "Esquerda Retrógrada". Embora existam alterações significativas do "clima", este ramo da esquerda tem procurado resistir às mudanças "climáticas" e, apesar do seu número reduzido, ainda não desapareceu. Devido à sua grande capacidade de sobrevivência, tem procurado manter as suas características originais. Comparando com outro tipo de Dinossauros, apesar da "catástrofe" natural que se abateu sobre a "Velha Sibéria", estes não se extinguiram!

Temos o segundo grande ramo que tem vindo a crescer e é conhecido pelos "Troskistas Comedores de Caviar". Estes surgiram com o "acasalamento de elementos mais fortes" e a "eliminação natural dos mais fracos", da mui antiga "Extrema Esquerda".

O terceiro ramo é aquele que, do qual, ultimamente se tem falado muito. É a chamada "Esquerda Moderna". Esta última tem sido objecto de vários estudos. Estudos esses feitos por "conceituados cientistas", mas o facto é que poucas têm sido as conclusões. De forma alguma me considero um "cientista" e nada percebo desta "ciência", mas a minha pouca capacidade de observação tem me levado ao seguinte raciocínio acerca deste último ramo. Agradeço que os leitores digam se está ou não correcto e me ajudem a chegar a uma conclusão.

Peguei naquilo a que chamo a "Espinha Dorsal" da Esquerda que em poucas palavras se define por "Justiça Social", ou seja, "tirar aos ricos para distribuir pelos pobres". Pela observação verificamos que este "gene" continua activo na "Esquerda Moderna", porém com uma "pequena" mutação. A "Esquerda Antiga", sem diferenças, procurava tirar a todos os ricos em geral e dava, "sem diferenças" a todos os pobres em geral. Hoje, a "Esquerda Moderna" junta "ricos" e "pobres" em várias categorias. Após esta operação, retira aos mais "ricos" de uma determinada categoria e dá aos "pobres" da mesma categoria.

Eu explico melhor o meu raciocínio. Junta, por exemplo,  todos os "deficientes" numa só categoria. Retira aquilo que os "deficientes mais ricos" têm a mais para redistribuir pelos "deficientes mais pobres" - demonstrando assim a velha máxima da Justiça Social!
sinto-me:
escrito p/ pechanense às 10:17
link do post | comentar | favorito
partilhar
1 comentário:
De Barão da Tróia a 9 de Janeiro de 2007 às 09:48
Que grande salsada que é essa história, ficamos a perceber que "Esquerda" ou "Direita" é tudo a mesma trampa. Boa semana.

Comentar post

online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Festas de Pechão 2014

Alguém me explica, sff?

Sérgio Godinho em Pechão

Pertencemos a uma Geração...

Convite

Pechão é esgoto a céu abe...

Pendurem a Vuvu na Janela

I Love Ketchup

Teatro em Pechão

Comunicado da Farmácia de...

Casamento homossexual... ...

História da Música "Amazi...

O Sorriso do Ciganito

Rock na Ribeira em Pechão...

Campanha "Um gravador par...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2