"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Quarta-feira, 8 de Março de 2006

Os bailes de Pechão

As colectividades desportivas e culturais têm sido sempre uma mais-valia nas terras pequenas. Com Pechão não é diferente. O “Clube Oriental de Pechão” tem tido um papel importante nesta aldeia. Para além das actividades desportivas que organiza, também realiza festas e bailes, e por altura do Carnaval realizou dois bailaricos que alegraram os pechanenses e trouxe foliões de outros lados. Embora não aprecie o Carnaval, acho que actividades do género têm o seu lado positivo para a terra.

 

Porém há uma coisa que me aborrece muito quando se organizam actividades do género. Por culpa ou não dos organizadores, sinto que existe uma falta de respeito pelo resto da população que não participa destas folias. Estou a referir-me ao barulho e aos distúrbios que acontecem sempre. Os bailes realizaram-se dentro de portas (na sede do clube), o que não me incomodou absolutamente nada. O que me deixou com insónias foi o facto de, depois da festa terminar por volta das duas horas da manhã, se ter desencadeado um barulho incomodativo que durou até às três da manhã (gritos pelas ruas da aldeia, distúrbios e pancadarias, pontapés nos portões, garrafas a partirem-se, tanto no chão/paredes, como nas cabeças uns dos outros). Dois dias seguidos a acordar de madrugada desta forma, penso que é demais.

 

Não sei se o clube necessita de pedir autorização ao Governo Civil, à Câmara Municipal ou à Junta de Freguesia para a realização de festas que entram pela madrugada a dentro, mesmo sendo “dentro de portas”. Na minha opinião, acho que alguma entidade competente deveria exigir aos organizadores a requisição da presença da GNR nas ruas da terra, para que não fosse perturbado o descanso de quem está dentro de suas casas a dormir.

 

É que estou mesmo a ver que o “Baile da Pinha” que se realiza este fim-de-semana, terá como resultado outro acordar com uma valente dor “no alto da minha pinha”.
sinto-me:
. tags:
escrito p/ pechanense às 12:38
link do post | comentar | favorito
partilhar
4 comentários:
De js a 8 de Março de 2006 às 15:42
...estas alterações...e migrações é que me estão a dar cabo da pinha!...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt
De Vilma a 8 de Março de 2006 às 20:34
Cacetete em cima deles....!!! Nem mais... :)))) Grande pinhão!
De desiludido a 8 de Março de 2006 às 22:08
são os chamádos bailes saloios , é vira o milho e toca o mesmo , barulho e que se tramem os vizinhos , aguenta pechão , que quem vier atrás que feche a porta , falas em licença , mas este País vive áh vontade , que queres a vida é um rosário de música e música áh borla não faz mal a ninguém.
De Colibri a 13 de Março de 2006 às 10:15
Então como foi esse acordar??? Ou entraste também na dança? Um abraço e boa semana.

Comentar post

online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Festas de Pechão 2014

Alguém me explica, sff?

Sérgio Godinho em Pechão

Pertencemos a uma Geração...

Convite

Pechão é esgoto a céu abe...

Pendurem a Vuvu na Janela

I Love Ketchup

Teatro em Pechão

Comunicado da Farmácia de...

Casamento homossexual... ...

História da Música "Amazi...

O Sorriso do Ciganito

Rock na Ribeira em Pechão...

Campanha "Um gravador par...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2