"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Terça-feira, 13 de Setembro de 2005

Depois da batalha com porcos...

...a arena ficou assim!

DSC02969.JPG

Em Pechão, por altura das festas da terra, travou-se uma “batalha titânica” entre porcos e homens. Preparou-se a “arena”: veio um tractor que revolveu a terra; os homens levantaram uma cerca em círculo; depois um outro tractor trouxe um tanque de água que despejou por cima da terra revolvida (água suficiente para encher uma piscina), manteve-se uma mangueira com água a correr todo o tempo. Começaram a chegar as pessoas: cobraram-se as entradas; improvisaram um bar para vender cervejas; instalaram o som. Formaram-se as equipes de dois elementos: umas quantas de homens e jovens; uma só de raparigas; uma de porcos (embora a dos porcos fosse formada por três elementos, só entrava um de cada vez. É verdade que tinham a vantagem de estar ensebados, mas tinham a desvantagem numérica). Dá-se o confronto: a arena enlameada... os humanos correndo... o porco fugindo e fintando... os humanos escorregando e caindo... o povo gritando e rindo... mais uma vez os humanos tentando apanhar o porco escorregadio... o porco fintando novamente... os humanos outra vez com a cara na lama... o povo ri, grita e tira fotografias (até o senhor presidente da junta de freguesia estava lá a tirar fotografias para mais tarde recordar)... chega uma altura que ambas as equipes (a dos humanos e a dos porcos), estão tão “emporcados” com toda aquela lama que ficamos na dúvida quem é quem... Acaba tudo: com as equipes exaustas (mais os porcos que os humanos), encontra-se o vencedor... (confesso que fiquei tão baralhado que não sei dizer qual foi a equipe vencedora. Se alguém souber que nos ajude a anunciar aqui os nomes dos bravos gladiadores). No fim do dia o Sol vai-se embora e com ele o povo e as equipes. Os humanos provavelmente para casa tomar banho e prepararem-se para a festa que continuou à noite. Os porcos não sei... talvez para a sua pocilga rindo-se, quero dizer, grunhindo da figura que os elementos das outras equipes fizeram... ou simplesmente para uma mesa, com uma batata enfiada na boca. O que sei é que depois desta batalha com porcos, a arena ficou assim: DSC02970.JPG
. tags:
escrito p/ pechanense às 16:38
link do post | comentar | favorito
partilhar
online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Festas de Pechão 2014

Alguém me explica, sff?

Sérgio Godinho em Pechão

Pertencemos a uma Geração...

Convite

Pechão é esgoto a céu abe...

Pendurem a Vuvu na Janela

I Love Ketchup

Teatro em Pechão

Comunicado da Farmácia de...

Casamento homossexual... ...

História da Música "Amazi...

O Sorriso do Ciganito

Rock na Ribeira em Pechão...

Campanha "Um gravador par...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2