"Não falta quem já considere a blogosfera como o quinto poder" (Vital Moreira, Colunista, Público)

Sexta-feira, 14 de Outubro de 2005

Presos no elevador do parque da Pontinha

Para surpresa nossa aqui em Pechão, quando abrimos o Correio da Manhã do dia 12 de Outubro, deparámo-nos com esta fotografia e o destaque “FAMÍLIA COM BEBÉ DE OITO MESES TEVE QUE SER RESGATADA PELOS BOMBEIROS DE FARO”. Esta senhora, Helena Quinta, com o seu neto ao colo, é uma pechanense, “nascida e criada” cá na aldeia. No fim do dia, quando a encontrei, pude ouvir da sua boca a história que vem relatada no Jornal. “Fomos a Faro e estacionámos o carro no Parque subterrâneo da Pontinha, recentemente inaugurado. Entrámos no elevador para sair do parque, eram 19.00 horas. Assim que carregámos no botão, o elevador bloqueou! Estava eu, o meu marido, a minha filha e o meu neto. Accionámos logo o alarme e uma gravação informou que o apelo tinha sido registado. Vinte minutos depois, como não vinha ninguém, voltámos a tocar o alarme e a mesma pessoa comunicou que o técnico iria ser contactado. O calor naquele elevador, apertadíssimo, era insuportável. Não levávamos água connosco e meu neto começou a mostrar sinais de debilidade, ao ponto de termos que o despir. Decidimos então ligar para os bombeiros que, cinco minutos depois estavam lá e tiraram-nos para fora.” Ao sair, Dona Helena Quinta, dirigiu-se ao funcionário da recepção. Este pediu desculpa, afirmando que desconhecia o que estava a acontecer, pois o alarme toca apenas na central dos elevadores, que é no Porto (eu escrevi bem - cidade do PORTO), através do qual é solicitado um técnico. Se este estiver em serviço fora de Faro, então as pessoas que ficarem presas dentro do elevador terão que esperar. Esta família ficou indignada e pediu o livro de reclamações, ao que o funcionário disse não ter. Tinha sim um outro livro improvisado para o efeito, “que mais parecia um caderno”, disse a avó do bebé. O CM “apurou que este não foi o primeiro caso registado, embora o responsável pelo parque, Nuno Encarnação, admita que não é muito funcional o alarme dos elevadores só tocar na firma de manutenção. O mesmo responsável garante já ter alertado os responsáveis da empresa de manutenção com vista à resolução do problema”. (CM, edição de dia 12 de Outubro) No dia seguinte ao incidente, decidiram participar à DECO. Depois da chamada telefónica percorrer duas ou três repartições, foram aconselhados a telefonar à Câmara Municipal para saberem qual é a empresa que gere o referido parque. Depois disso, deverão escrever a essa empresa uma carta com pedido de resposta em dez dias. Após a resposta deverão voltar a comunicar à DECO. É assim meus amigos...
escrito p/ pechanense às 12:41
link do post | comentar | favorito
partilhar
4 comentários:
De Anónimo a 27 de Outubro de 2005 às 10:01
Helena - Acho mesmo que o melhor é fugir do tal elevador... Eu acho que não foi a Helena que não soube pedir uma explicação, eles é que não souberam dá-la, muito menos pedir desculpa pelo sucedido!pechanense
(http://moc.blogs.sapo.pt)
(mailto:jaime-fernandes@sapo.pt)
De Anónimo a 27 de Outubro de 2005 às 01:11
A resposta chegou ontem dia 25, passarei a transmiti-la assim que tiver oportunidade, mas com a resposta que me foi dada coitado de quem lhe acontecer igual, ou então já tudo estará resolvido de outra maneira, mas eu não tive essa resposta. A minha conclusão: não utilizo o dito elevador nem que ele tenha ouro!... e com isto só digo obrigado pela resposta, para não dizer mais nada, aqui me fico. Talvez eu não tivesse sabido pedir explicação!.helena quinta
(http://ase)
(mailto:helena@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Outubro de 2005 às 23:25
José S. - Acredito que sim. Entretanto aguarda-se a resposta que ainda não chegou. Obrigado pela visitapechanense
(http://moc.blogs.sapo.pt)
(mailto:jaime-fernandes@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Outubro de 2005 às 15:39
Mais depressa Franz Kafka veria o seu “processo” resolvido. Mas também temos de ter em conta que estamos em Portugal... Se as vítimas tivessem uma marreta à mão e partissem o elevador para sair, quando chegassem à porta já tinham pronta a factura a pagar.

José S.
(http://ruadobeco.blogs.sapo.pt)
(mailto:jgjs2@sapo.pt)

Comentar post

online

Worten Sempre?

. mais sobre mim

subscrever feeds

. pesquisar neste blog

 

últ. comentários

Meu caro Farid HaiderTem razão quanto ao que disse...
Uma observação ao texto supra citado.Não existe lí...
Não sei quem é o artista, mas deve ser nova ortogr...
Boa pergunta...felizmente já comprei o meu há muit...
:) oh GOD!!
queria saber noticias do zeca. alguem pode me info...
tive a orra de passa tres temporadas como atleta d...
Obrigado mas não é tanto "voltar", é mais dar o "a...
Bem vindo e bem - aventuradas sejam as tuas palavr...
Móss Pechanense. Andaste desaparecide?

. ligações

Fórum olhão ponto org



. posts recentes

Festas de Pechão 2014

Alguém me explica, sff?

Sérgio Godinho em Pechão

Pertencemos a uma Geração...

Convite

Pechão é esgoto a céu abe...

Pendurem a Vuvu na Janela

I Love Ketchup

Teatro em Pechão

Comunicado da Farmácia de...

Casamento homossexual... ...

História da Música "Amazi...

O Sorriso do Ciganito

Rock na Ribeira em Pechão...

Campanha "Um gravador par...

. arquivos

. tags

todas as tags

blogs SAPO
mozila Firefox2